Representante da Embrapa fala sobre as expectativas da Dinapec 2016

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, fevereiro 19, 2016 as 06:57 | Voltar

O evento será realizado entre os dias 9 e 11 de março em Campo Grande (MS).

Na foto a Médica veterinária e uma das responsáveis pela Dinapec 2016, Thaís Basso

Acontece entre os dias 9 e 11 de março, na sede da Embrapa Gado de Corte em Campo Grande (MS), a Dinâmica Agropecuária 2016, a Dinapec. O evento tem como objetivo dar respostas tecnológicas que permitam a real apropriação de conteúdo pelos agentes produtivos e, sobretudo, aproximar o público das novidades tecnológicas disponibilizadas ao mercado, de uma forma diferenciada buscando promover um maior intercâmbio de informações, permitindo uma interatividade entre “pesquisa-extensão” e o “produtor”.

O Notícias da Pecuária conversou com a médica-veterinária, pesquisadora e uma das responsáveis pela Dinapec 2016, Thaís Basso, para ter mais informações sobre o evento, como expectativa de público, temas abordados, atividades programadas, entre outros. Confira abaixo a entrevista na íntegra.

Notícias da Pecuária: Quais são as novidades para a Dinapec 2016?
Thaís Basso: Este ano contamos com a Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS) como co-realizadora da Dinapec e a nossa expectativa é que com isso, tenhamos uma grande participação de produtores rurais. Teremos também um maior número de oficinas, comparadas ao ano passado, só a Agraer disponibilizará oito oficinas voltadas à produção sustentável do leite. 

NotPec: Quantas unidades da Embrapa estarão presentes no evento?
TB: Além da Embrapa Gado de Corte, são oito unidades da Embrapa envolvidas, sendo elas: Embrapa Florestas, Embrapa Agropecuária Oeste, Embrapa Pecuária Sudeste, Embrapa Pantanal, Embrapa Caprinos e Ovinos , Embrapa Rondônia, Embrapa Gado de Leite e Embrapa Agroindústria de Alimentos.

NotPec: Qual é a expectativa de público para a edição da Dinâmica Agropecuária deste ano?
TB: Ano passado tivemos ao redor de 2000 visitantes por dia. A expectativa é que este ano tenhamos um público ainda maior, pois o crescimento do público que participa da Dinapec é observado ano a ano. 

NotPec: Quais serão as principais tecnologias expostas para o público?
TB: Serão demonstradas tecnologias para os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e Integração Lavoura-Pecuária (ILP),  novas cultivares lançadas pela Embrapa, como os panicuns BRS Tamani, primeiro híbrido de Panicum maximum da Embrapa, e BRS Zuri, e a braquiária BRS Paiaguás. Também haverá roteiros para os visitantes em manejo de pastagens, produção de novilho precoce, sanidade animal (controle de carrapatos e mosca-dos-estábulos), uso da pecuária de precisão na propriedade, dentre outros.

NotPec: Quantas atividades estão programadas para o público que for a Dinapec?
TB: Além de 10 (dez) roteiros tecnológicos, serão oferecidas 15 oficinas onde os participantes poderão aprender desde como fazer a regulagem de um pulverizador até a controlar as finanças da propriedade, dentre vários outros assuntos. Os roteiros terão duração 3 (três) horas, com pesquisadores abordando os assuntos, esclarecendo dúvidas, interagindo com o público, que vai de produtor rural (diferentes categorias) a acadêmico e técnico. 

NotPec: Quais temas serão abordados?
TB: Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e Tecnologias para Expansão da Agricultura, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Manejo de pastagens, Melhoramento animal, Novas cultivares forrageiras, Ovinocultura, + Precoce: Tecnologias para produção de Novilhos Precoce, Produção leiteira, Produção sustentável de leite, Sanidade animal.

NotPec: A Dinapec contará com algum convidado ou palestrante de fora do Estado?
TB: Sim, pesquisadores de unidades da Embrapa de fora do Estado estarão presentes tanto nos roteiros tecnológicos como nas oficinas. 

Publicado por: Iza Olmos Rodrigues de Lima

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.