Iagro participa do programa “Tríplice Hélice do Setor de Defesa”, do Sisfron

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, outubro 15, 2015 as 12:23 | Voltar

Dourados (MS) – Os diretores da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro), Luciano Chiochetta (presidente) e Roberto Siqueira Bueno (gerência e assessoramento fiscal agropecuário) estiveram em Dourados, há alguns dias, participando de duas reuniões para tratar de mais uma fase da implantação do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira (Sisfron).

IMG-20150930-WA0017Na primeira reunião, o general Rui Yutaka Matsuda e o comando reuniram integradores e colaboradores do projeto para, através do programa de Tríplice Hélice do Setor de Defesa – quze organiza parcerias entre empresários, universidades e forças armadas – estruturar ações que, paralelas as atividades de monitoramento, possam amenizar os problemas de diversos setores naquela região.

Segundo exemplificou Luciano, no caso da Iagro, um dos principais problemas que demandam trabalho intenso na fronteira é com relação ao abate clandestino de animais. Para tentar amenizar isso, o Sisfron coloca a Iagro em contato com o Senai  – um dos parceiros do programa – que através de um projeto de instalação de pequenas industrias pode dar condições para que este abate passe a atender as normas de sanidade e deixe de ser um grande problema para a fiscalização.

O trabalho do Sisfron, segundo Luciano, que a principio entendia-se ser restrito ao monitoramento, tomou uma proporção maior e hoje foca no desenvolvimento da região para diminuição das contravenções como descaminho, trafico de drogas, abate clandestino, etc.

Na segunda reunião, Luciano e Roberto participaram junto com a comitiva de parlamentares de Brasília (DF) da apresentação das atividades do grupo que está atuando na região de Antônio João – onde recentemente ocorreram conflitos de terra entre índios e produtores rurais – e ainda da apresentação dos detalhes do programa de ‘Capacitação Profissional’, que foi implantado na brigada, que prepara os soldados para o mercado de trabalho com cursos profissionalizantes.

Roberto comentou que a Iagro pretende participar ativamente das ações da Sisfron buscando conciliar o cotidiano das atividades da agência com as do sistema, trabalhando de forma integrada com os parceiros, como lhes foi sugerido, para oferecer maior eficácia e qualidade ao trabalho que prestam a população na fronteira.

Sisfron

O Sisfron é um sistema de sensoriamento, apoio à decisão e apoio à atuação integrada, para fortalecer a presença e a capacidade de ação do Estado na faixa de fronteira terrestre, contribuindo para a maior efetividade no combate aos delitos transfronteiriços e praticados na faixa de fronteira. Funcionando através de uma central de comando e controle instalada na sede da Brigada Guaicurus monitora todas as ações ou operações desenvolvidas pelos militares na faixa de fronteira e gerencia possíveis ordens do comando para deslocamento de tropas, entre outras atividades de segurança. 

Estão disponíveis dezenas de caminhões equipados com salas modernas de monitoramento que, funcionam como unidades móveis de controle interligadas ao comando central. Operadores tem acesso a computadores que estão conectados, não apenas a sala de monitoramento dentro da Brigada como também, a satélites que detalham posicionamento e produzem imagens mais amplas.

O Sisfron entrou em funcionamento em novembro de 2014, em Dourados, como piloto do projeto que visa monitorar toda a área de fronteira do país num investimento total previsto de R$ 12 bilhões com previsão inicial de implantação até 2017. No Mato Grosso do Sul, os recursos consumidos foram de aproximadamente R$ 900 milhões, operando em 600 quilômetros da fronteira do Estado.

Kelly Ventorim, da Assessoria de Comunicação da Sepaf

Publicado por: Iza Olmos Rodrigues de Lima

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.