IAGRO e os dez anos de evolução do Seminário Socioeducativo da área animal

Categoria: DEFESA SANITÁRIA | Publicado: terça-feira, julho 2, 2019 as 17:12 | Voltar

São 12 palestras simultâneas que, somadas, em dez anos já envolveram mais de 9 mil participantes em 639 eventos

Campo Grande (MS) - Há 10 anos a equipe da Educação Sanitária da Iagro realiza seminários sócio educativos simultaneamente em todo o Estado, nos 11 municípios onde estão instaladas as unidades regionais, e ainda no município de Corumbá. São, portanto, doze palestras que, somadas nestes dez anos já envolveram mais de 9 mil participantes em 639 eventos.

Segundo Fiscal Estadual Agropecuário, Gelson Sandoval Junior, do Núcleo de Defesa Animal da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), a ideia do seminário é fomentar a vigilância passiva no Estado, mostrando que todos podem ter participação ativa para alcançar conquistas na área de saúde animal.

Gelson explica que durante a realização da primeira palestra, relata-se ao participante da importância do agronegócio para o estado de Mato Grosso do Sul, o que é Defesa Sanitária Animal, como ela atua e sua importância para o agronegócio. Logo após a exposição, apresentava-se um filme realizado na época do foco de febre na região Eldorado/Japorã em 2006, que mostra toda as dificuldades enfrentadas pelo estado na época. No segundo momento de palestra do seminário são descritas as obrigações do produtor para com a IAGRO, as rotinas desse relacionamento e tirado as dúvidas sobre os Programas Sanitários da IAGRO.

Ao final das palestras, a avaliação dos participantes acontece através de que avaliam o grau de satisfação, que nesses anos todos, segundo destacou Gelson, nunca foi inferior a 80% em qualquer um dos eventos realizados.

“No início de 2018, a agência regulamentou a participação de representantes dos autuados nos seminários socioeducativos. “Apesar da regulamentação, uma característica do seminário é trazer uma grande variedade de público, desde pessoas semialfabetizadas até com pós-graduação e o que se apresenta é que de pessoas receosas e temerárias com o que será apresentado durante os seminários, saem colaboradores da defesa, muitas vezes questionando o porquê da IAGRO não realizar mais eventos dessa natureza”. Contou Gelson.

Oriundo das medidas socioeducativas definidas por lei, o seminário preconiza a substituição ou diminuição dos valores do auto de infração, conforme o enquadramento do auto, por medida que, mais do que simplesmente angariar um valor em dinheiro, levasse aprendizado ao nosso produtor/trabalhador rural, em uma relação de agregação de valores para a defesa sanitária animal extremamente favorável. “O seminário sócio educativo mostrou-se um excelente instrumento de aprendizado e transmissão de conhecimento, tornando-se um importante trabalho desenvolvido pela educação sanitária da IAGRO”. Finalizou o FEA.

Kelly Ventorim, Semagro

Publicado por: kventorim@semagro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.