Confirmada primeira ocorrência de Cria Pútrida Europeia (CPE) em abelhas Apis mellífera no MS

Categoria: Apicultura, Geral, PNSAb | Publicado: sexta-feira, setembro 29, 2023 as 16:35 | Voltar

Campo Grande, 29 - A Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro) confirmou a primeira ocorrência de Cria Pútrida Europeia (CPE), uma doença que afeta as crias de abelhas Apis mellífera. A confirmação ocorreu após um produtor rural relatar a situação em seu apiário em Amambai - Mato Grosso do Sul. A análise laboratorial identificou a presença da bactéria Melissococcus plutonius.

Em 19 de setembro de 2023 foi recebido o resultado com a análise laboratorial que identificou a presença da bactéria Melissococcus plutonius na amostra encaminhada ao LASA, por meio da técnica de PCR, confirmando assim o diagnóstico de CPE. A Cria Pútrida Europeia, também conhecida como "Loque Europeia", é uma doença de notificação obrigatória, causada pela bactéria Melissococcus plutonius, que acomete principalmente as crias de abelhas Apis mellifera. No entanto, já existem relatos de sua ocorrência em diversas espécies de meliponídeos. 

A CPE é uma doença endêmica e notificada em vários estados brasileiros. Ela afeta larvas de abelhas, levando à sua morte. Os sintomas incluem mudanças na coloração e aspecto irregular das larvas, bem como opérculos escurecidos, afundados e/ou perfurados nos favos.

A Iagro orienta os produtores a manterem seus apiários/meliponários registrados e a notificarem imediatamente qualquer suspeita ou ocorrência da doença. Medidas preventivas e de controle são essenciais para reduzir o impacto da CPE.

Acesse a Nota técnica aqui

NOTIFICAÇÃO DE SUSPEITAS DE DOENÇAS EM ANIMAIS

A notificação de suspeita ou ocorrência de doenças em animais é responsabilidade de todos.

Qualquer cidadão, organização ou instituição que tenha animais sob sua responsabilidade ou que tenha conhecimento de casos suspeitos ou casos confirmados de doenças animais, deve informar o fato ao Serviço Veterinário Oficial (SVO).

Quanto mais cedo o serviço veterinário toma conhecimento de suspeita de doenças em animais, mais ágil é a intervenção, evitando um problema mais grave.

COMO NOTIFICAR?

A notificação pode ser feita presencialmente ou por telefone em qualquer Unidade da Iagro. (lista com os endereços e telefones) ou pelos canais abaixo (ligação gratuita):

ÁREA ANIMAL
Emergência Sanitária ou denúncias

 99961-9205 (apenas WhatsApp)

Publicado por: Iza Olmos Rodrigues de Lima

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.