Governo reduz gastos com a unificação de atendimento da Iagro, Agraer e Agenfas no interior

Campo Grande (MS) – O governo do Estado concentrou em um só local o atendimento das unidades da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e das Agências Fazendárias (Agenfas) nos municípios do interior de Mato Grosso do Sul.

O processo de unificação, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e Secretaria de Fazenda (Sefaz), foi concretizado logo após a reforma administrativa ocorrida neste ano. Somente para a Iagro, a medida já proporcionou uma economia de R$ 107 mil.

“Desde a reforma administrativa o governo tem procurado buscar sinergias e escala para reduzir significativamente e melhorar o atendimento à população que necessita dos serviços da Iagro, Agraer e Agenfas. O que fizemos no interior foi uma junção dessas estruturas,  visando o atendimento de um mesmo cliente”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

Segundo o secretário, “essas sinergias melhoram significativamente o atendimento ao setor agropecuário de Mato Grosso do Sul. A junção dos serviços de orientação e fiscalização da Sefaz, da Agraer e da Iagro, além de reduzir custos, vai permitir que façamos um atendimento mais adequado no que diz respeito ao controle sanitário e tributário, além de oferecer uma assistência técnica mais focada, mais direcionada”, finalizou.

Redução de custos

De acordo com levantamento da diretoria da Iagro, a medida já proporcionou uma economia de R$ 107 mil reais em despesas com alugueis de prédios graças à junção das estruturas da Iagro, Agraer e Agenfa em diversos municípios do Estado. “Desde que o Governo do Estado sugeriu às secretarias e suas vinculadas a realização de estudos para otimização dos espaços físicos e redução dos custos, a agência vem trabalhando em conjunto com a Agraer e Agenfa. Todo esse trabalho foi feito com muito zelo para que a excelência dos serviços fosse mantida”, lembrou o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta.

A transferência das equipes da Iagro para estruturas da Agraer e Agenfa já aconteceu em 14 municípios do Estado. Em outros 17 municípios, a estrutura da Iagro recebeu as equipes da Agraer e Agenfa. Nestas unidades, a redução será observada nas contas de água, luz e telefone. “Buscamos sempre as melhores soluções, visando sempre não deixar que qualquer alteração prejudique os serviços já oferecidos à população”, completou Luciano

De acordo com o diretor-presidente da Iagro, o sucesso dessas ações já resultou na programação de liberação de recursos por parte do governador Reinaldo Azambuja, para realização de obras de reformas em prédios de quatro municípios: Aquidauana, Bataguassu, Ponta Porã e Campo Grande (unidade do Parque de Exposições), consideradas extremamente necessárias.

Kelly Ventorim e Marcelo Armôa, Semagro